sexta-feira, julho 13, 2007

correio.


Sentas-te no escuro da tua janela do telhado, e suspiras. Só queres sair da tua vida, levitar do teu corpo imperfeito e olhar para ti, para a tua figura ridícula e cirandante pela vida. Misteriosa e vulgar entre milhares de outras.
Queres sentir-te único, de uma cor diferente, maior que os outros. Queres cantar, gritar, chorar, ser notado, ser feliz, ser triste, viver. Tens inveja dos outros, não queres que eles tenham mais que tu. Não acreditas no sonho de ser feliz nos subúrbios com um casal de gémeos e um Labrador dourado. Achas que para ti tudo vai ser diferente, nunca nos moldes dos outros. Que nunca vais ser mais uma cara sonolenta na manhã da cidade, quer dentro do metro, quer dentro de um Audi de dez metros. Tu queres ser diferente. Viajar de manhã à noite, sorrir em várias línguas, escrever palavras famosas, elaborar teorias incompreensíveis, pintar uma tela com as cores da tua vida, filmar o enredo perfeito. Queres ser tudo ao mesmo tempo, sem demora nem entraves.
Mas queres tanta coisa que a tua vista fica confusa. Não consegues discernir o bem do mal, vives num mundo ilusório, e não consegues sair desse teu canto no meio dos ninhos. És fraco, tens medo, não queres sujar-te, não queres sofrer. E não queres que os outros sejam diferentes de ti. Não admites o sucesso alheio, apenas o fracasso similar. Porque se tudo ficar igual, então nada em ti fracassou.
Mas o mundo gira. E mais tarde ou mais cedo vais perceber que enquanto estiveres aí de pernas enlaçadas, virado para ti mesmo, imóvel na tua solidão inexistente, tudo vai mudar, e tu não vais fazer parte da mudança. E que a tua solidão inexistente se vai tornar existente e avassaladora, e te vai pregar para sempre a esse chão polido.

3 comentários:

disse...

Epá vais casar-te comigo ou não?!
É que escreves tão, tão bem, Carv!

Cate disse...

o q? nadia dequatro, eu ja' dei o maior shot da vida neste senhor escritor! deves querer fight.

mais uma vez, gostei muito do texto, metro e noventa guy.

Izys disse...

este aqui emudeceu-me..:x